Arquivo

< DEZEMBRO 2017 >
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

 

 

 




História do Jeans – Como foi desenvolvido a peça mas funcional PDF Imprimir E-mail
QUI, 29 de Abril de 2010 17:41

 

Industrial teuto-americano, Levi Strauss, nascido na Alemanha, revolucionou o mundo com o invento do “Blue Jeans” (calças-Levi).
 
Naturalizou-se estadunidense em 1840 ao imigrar para Nova Iorque ao encontro dos irmãos mais velhos que já comerciavam produtos têxteis.
 
Com a corrida do ouro, em 1850 e a conquista do oeste americano, mercadores aproveitaram os setores que davam suporte aos mineiradores como mantimentos, roupas e lonas. Como o mercado de lonas já estava saturado, Levi ele foi em busca de uma aplicação nova para seu produto. Observando a durabilidade e resistência das peças utilizadas pelos mineradores, ele fez a experiência de confeccionar duas ou três peças reforçadas com a lona que tinha. Ao disponibilizar para alguns o sucesso foi imediato pois a durabilidade e resistência destas peças superaram qualquer outra.
 
Jeanswear então, originado das roupas do trabalhador, foi criado. Daí para a frente cada vez mais o jeans era utilizado. Porém só virou dia-a-dia no século XX.
 
Em 1872 com a utilização do rebite, por opinião de um costureiro para reforçar as costuras, Levi se deparou com um sucesso de vendas tão grande que ele e Jacob Davis requeriram a patente. O dia 20 de maio de 1873 marca o início do sucesso das calças jeans.
 
A cor índigo que conhecemos hoje apenas veio em 1890. Muitas estratégias foram usadas por Strauss para ir transformando sua criação em uma peça mais atraente.
 
A real popularização do jeans se deu nos anos 30, muito usado pelos cowboys norte americanos que apareciam nos filmes da moda na época. Durante a Segunda Grande Guerra, os soldados norte-americanos usavam uniformes confeccionados com o tecido dando ao denim a imagem de virilidade. Com a vitória dos Estados aliados, o jeans invadiu o continente Europeu.
 
Em 40, era muito comum os “cowboys do asfalto” montarem suas motocas Davidson usando o já famoso jeans. Nos anos 50 a imagem de rebeldia do ator James Jean eternizou a imagem clássica das calças jeanse camiseta branca no filme Juventude Transvirada, insinuando um ar de rebeldia à peça. Além de outros como Presley, Marlon Brando e etc... e depois Beatles, Bob Dylan...
 
Com a Guerra do Vietnã, os hippies adotaram a peça como um visual largado, fazendo muito sucesso na cultura jovem. Idéias de costumização que entraram em processos industriais também foram baseados nestes. É também nos anos 70 que o jeans sobe à uma passarela pela primeira vez durante uma apresentação de Calvin Klein.
 
Desde então essa peça que já era popularizada, se globalizou e democratizou. Hoje está presente desde o momento de ir comprar pão até a balada. De diferentes estilos e gostos o jeans é um feito eterno dentro da história do vestuário.
 
 
 
«InícioAnterior717273PróximoFim»

Busca

Newsletter

Pessoa Física
Pessoa Jurídica



 

 

 

Rua Plínio Salgado 130 - Conselheiro Paulino

Nova Friburgo - RJ - CEP 28635-410

Tel: 22 2520 - 5470